Diocese de Garanhuns


Notícias Diocese  02/08/2017

Diocese de Garanhuns abre ano jubilar centenário nesta quarta-feira .


A Diocese de Garanhuns celebra nesta quarta-feira 02/08/2017 a abertura do Ano Jubilar em comemoração pelo seu centenário.

Os Católicos de 22 cidades do Ageste, 2 do Sertão e 2 da Zona da Mata, além de muitas outras cidades e regiões, estão em festa, pois terá início nesta quarta-feira, dia 02 de Agosto de 2017, o histórico Ano Jubilar em comemoração pelos cem aos de evangelização.

O referido Ano Jubilar trás o tema "100 anos evangelizando pelo anuncio da palavra" que expressa, resumidamente, aquilo que tem feito o clero de Garanhuns que é composto atualmente por 48 Padres e 16 Diáconos permanentes, além de 31 seminaristas, com a ajuda de todos os movimentos pastorais e serviços, em todo esse tempo de trabalho árduo na vinha do Senhor presente num território de  38.734 Km² divididos em 26 municípios, 35 paróquias e com uma população total de aproximadamente 700.000 habitantes sendo 82,7 de católicos.

Mas é claro que tudo isso foi sendo construído aos poucos. Tudo começou com a ideia de se criar novas Dioceses advindas da Arquidiocese de Olinda e Recife que abrangia toda a Região Nordeste e com isso, por causa do progressivo processo de evangelização na região, estava ficando sobrecarregada. A tal ideia foi do Mons. Afonso Pequeno e foi bem acolhida pelo, na época Arcebispo de Olinda e Recife Dom Sebastião Leme, o qual trabalhou, sem medir esforços, na orientação do processo de criação da nova Diocese.

Até que a 02 de Agosto de 1918 o Papa Bento XV criou a amada "Diocesis Garanhunensis" (Diocese Garanhunense) a qual foi instalada  no dia 19 de Outubro de 1919 com a posse do primeiro Bispo Diocesano, Dom João Tavares de Moura, o qual seria homenageado no futuro tendo seu nome emprestado a um hospital e uma praça da cidade. A Diocese em seu princípio tinha apenas 15 paróquias mas se estendia do Sertão ao Litoral do Estado. Em 1962 foi desmembrada da Diocese de Garanhuns a Diocese de Palmares para a qual foi eleito bispo o Padre Acácio Rodrigues que era filho de Garanhuns.

De lá até aqui 11 Bispos já ocuparam a Cátedra de Garanhuns, contando com o atual, Dom Paulo Jackson. A quantidade de padres que já serviram à Diocese não se sabe ao certo, mas uma certeza temos, foram muitos os quais em sua grande maioria honraram e honram o sangue derramado pelo Bispo Mártir Dom Francisco Expedito Lopes, assassinado por um dos seus clérigos.

Períodos de luta, tristeza e glória já viveu a porção do povo de Deus presente nas terras de Garanhuns e municípios vizinhos. Mas por ter sofrido tanto, o novo povo é um povo insistente, persistente, e que abre sempre um sorriso, mesmo na dificuldade, traduzindo, é um povo de muita fé.

A celebração eucarística que marca o início desse tempo tão especial para esse clero, será celebrada na Igreja Mãe da Diocese, a Catedral de Santo Antônio na quarta-feira 02/08/2017 às 19:00 hs. Nesta celebração estarão reunidos, junto ao seu Pastor Diocesano, Padres, Diáconos, Seminaristas e Religiosos(as) além do amado e querido povo de Deus.

Será, com certeza, um ano de grande alegria, muitas graças e bênçãos derramadas. Que possamos aproveitá-lo com entusiasmo pois somos todos privilegiados por vivermos e presenciarmos momento tão especial.

Blog de Elvis Amancio